FRAIBURGO

31 outubro 2015

‘El Niño’ Será Devastador

Entre 2015 e 2016, o planeta sofrerá com as consequências de um super El Niño. É o que apresentou o professor alemão e especialista em aquecimento global, Donat-Peter Häder, nesta quarta-feira, 28, em Florianópolis, durante uma palestra promovida pela Secretaria de Assuntos Internacionais de Santa Catarina. Segundo Häder, os maiores efeitos serão registrados a partir novembro deste  ano.
O El Niño é um fenômeno caracterizado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico na costa da América do Sul. Segundo o professor, as medições apontam que este aquecimento será maior em 2015. Desde julho, o aumento é de 1°C. “É o dobro do aumento da temperatura das águas do Pacifico Leste em relações ao fenômeno de anos anteriores. Normalmente, o aumento é de 0,5°C grau por três meses. Este será um super El Ninõ”, detalhou Häder.
No El Niño, as correntes levam as águas quentes da superfície do Oceano Pacífico da costa da Austrália para a costa da América do Sul. Desta forma, as águas frias que vêm do Sul do continente americano não conseguem subir das camadas mais profundas do oceano para a superfície, como acontece normalmente. Isso gera alterações de pressão que mudam a dinâmica do clima em todo o planeta. “Algumas pessoas acreditam que o El Niño é um evento regional, mas na verdade afeta toda a Terra”, destacou o pesquisador. No La Niña, fenômeno que sucede o El Niño, as mudanças são opostas, com as águas geladas tomando espaço no centro do Oceano Pacífico.
Apesar das chuvas das últimas semanas, os efeitos do El Niño ainda não determinam as condições climáticas de Santa Catarina. Segundo Häger, os efeitos do fenômeno serão sentidos a partir de novembro em todo o mundo. Para a região Sul do Brasil, são esperadas chuvas acima da média. Na última vez em que o fenômeno esteve tão forte, registrou-se um aumento de 8 metros no nível do Rio Paraná. Já o Norte do país e região amazônica registrarão um período mais seco. O El Niño também deixa as temperaturas médias mais altas no país.
O secretário de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond,  ressaltou que o governo catarinense acompanha a evolução do El Niño para poder atuar na prevenção. “Foram feitos investimentos nos últimos anos para melhorar a prevenção aos desastres, como a instalação do Radar de Lontras e os estudos para a contratação de um novo radar para o Oeste, que vai ampliar a nossa capacidade de avaliação meteorológica, e também a construção do Centro de Monitoramento e Alerta de Santa Catarina”, listou Virmond.
No mundo, o El Niño trará chuvas para a Patagônia (Argentina), Califórnia, Índia, Paquistão, e leste áfrico; secas e incêndios florestais na Indonésia; grandes perdas agrícolas na Tailândia e redução da atividade pesqueira no litoral do Chile ao Peru; menos ciclones no Japão e Coréia do Norte e Sul e aumento destes em Guam.
Aquecimento Global

De acordo com o Häger, 2015 será o ano mais quente da história. E não está sozinho: é a 13ª vez que se registra o recorde nos últimos 15 anos. “Quando olhamos para o futuro, tudo depende do que estamos fazendo”, alertou o pesquisador. “Se não fizermos nada, continuarmos o que estamos fazendo, acabaremos com um acréscimo de 6°C na temperatura global em uma comparação entre hoje e a última era glacial”, completou.
A evolução para cima da temperatura mundial coincide com a Revolução Industrial. Hoje a China assumiu a liderança das emissões dos gases causadores do efeito estufa, com os EUA em segundo lugar. “Quando olhamos o Brasil, podemos ver que não somos os maiores responsáveis [pelas emissões]”, disse Häger. A geração de energia em hidroelétricas e o uso do etanol ajudam no desempenho brasileiro, mas o desmatamento é um ponto negativo.
O aquecimento global pode causar, por exemplo, mortes de espécies da vida marinha, eventos climáticos catastróficos mais frequentes e fortes, e problemas na agricultura com estiagens e elevação nos níveis do oceano. A extensão dos efeito, segundo Häger, "dependerá muito da quantidade de gases causadores do efeito estufa que continuaremos emitindo”. (Secom/SC).

Cuidemo-nos

Ari

24 outubro 2015

Defensores do Governo e do Impeachment - Duas Atitudes Morais

Por Percival Puggina.  Artigo publicado em 13.10.2015
"Eduardo Cunha foi um exemplo que caiu dos céus no inferno moral brasileiro. Ele está aí como um divisor de águas. Surpreso, leitor? 
Acalme-se, o petismo ainda não conseguiu me enlouquecer.
Eduardo Cunha obteve seu primeiro mandato como deputado federal pelo PMDB, em 2003, ou seja, ele acompanhou como deputado da base três dos quatro mandatos presidenciais petistas. O dinheiro que está depositado em suas contas na Suíça foi conquistado com o "suor de seu rosto" nas mesmas falcatruas que enriqueceram outros parlamentares dos partidos que apoiam o governo. Participou dos mesmíssimos trambiques que custearam as campanhas presidenciais petistas. Só se afastou do governo em fins de 2013 quando percebeu que as fissuras abertas no apoio a Dilma poderiam lhe proporcionar a presidência da Câmara dos Deputados. De fato, somando as perdas do governo com os ganhos da oposição ele superou por vários corpos de vantagem, o parelheiro da comissária, o arrogante deputado Arlindo Chinaglia.
A inimizade estabeleceu-se instantaneamente. O governo afundava em escândalos e a economia em crises. Cunha tornou-se, então, figura-chave para viabilizar um incontornável processo de impeachment. E é a partir desse exato momento que se justifica a frase inicial deste artigo: Cunha caiu dos céus no inferno moral brasileiro.
Primeiro, e principalmente, porque foi dentro das investigações referentes à operação Lava Jato que seu nome surgiu na ribalta dos escândalos. Ora, para quem dizia que a operação era uma armação golpista, nada mais contragolpista do que desmoralizar o arqui-inimigo do governo. Acho que isso até os petistas entendem: a denúncia contra Cunha é atestado de isenção da Lava Jato. Segundo, porque o fato separa nitidamente duas atitudes morais. De um lado, a dos que defendem com unhas, dentes e os mais encardidos sofismas um governo que apodreceu sob a ação de seus "heróis do povo brasileiro". De outro, a atitude dos que colocavam esperanças na atuação de Eduardo Cunha como presidente da Câmara dos Deputados. No entanto, meteu o pé na jaca? Fez o que não se faz? Dane-se e pague a conta de seus atos! Ele não tem em seu favor senão vozes isoladas entre mais de cem milhões de brasileiros que querem ver o petismo pelas costas. Responda-me, agora, leitor amigo: isso não revela duas posições moralmente opostas - a daqueles para quem o poder vale mais do que a honra e a daqueles que não sacrificam dignidade em nome de causas políticas?
Por fim, um exemplo adicional. Os petistas militantes, os que estão para o que der e vier, em flagrante desrespeito à verdade (e este é o primeiro degrau na escada da corrupção) querem fazer de Eduardo Cunha um exemplo da corrupção oposicionista, mesmo sabendo que foi dentro dos contratos dos governos petistas, enquanto membro da base, que ele acumulou a fortuna localizada em bancos da Suíça".
Bom final de semana a todos.
Ari

17 outubro 2015

A Aparência dos Alimentos é Igual aos Órgãos que Eles Curam

Carla Gonzalez Saúde


Tomate faz bem para o coração: Como esta fruta (sim, o tomate é considerado uma fruta) é rica em potássio e ferro, sua importância está especialmente ligada com o coração e o sangue.

Noz faz bem para o cérebro:As nozes são simétricas e possuem dobras iguaizinhas às do nosso cérebro. São ricas dos nutrientes que são mais importantes para o bom funcionamento cerebral.
Aipo faz bem para os ossos: O aipo (ou salsão) garante ossos mais fortes, pois possui 23% de sódio de boa qualidade. Os ossos possuem também 23% de sódio. Quando a dieta é baixa em sódio de boa qualidade (entenda-se “boa qualidade” como sódio não proveniente de sal refinado), o organismo começa pegar sódio dos ossos, o que deixam eles fracos.




Abacate faz bem para o útero: Se toda mulher comesse, ao menos, um abacate por semana poderiam evitar doenças sérias. O abacate protege e equilibra os hormônios, evitando as chances de câncer de útero ou ovário. Também ajuda a perder peso depois da gravidez. Outra “coincidencia”? Leva também 9 meses desde o florescer da árvore até um abacate virar fruto.



Batata-doce faz bem para o pâncreas: A batata-doce oferece benefícios ao pâncreas e equilibram o nível de açúcar no sangue.



Cenoura faz bem pros olhos: A cenoura aumenta o fluxo sanguíneo em direção aos olhos e melhora o funcionamento dos mesmos.
Laranjas fazem bem para o seios: A laranja é capaz de prevenir o câncer e ajuda o movimento da linfa na mama.



Gengibre faz bem para o estômago: O gengibre evita doenças no estômago e melhora a digestão graças às suas enzimas e evita câimbras fortes. Além disso, impede úlcera e mantém a mucosa em bom estado.

Cogumelo faz bem para os ouvidos: O consumo de cogumelos pode prevenir a perda de audição, pois eles são um dos raros alimentos que contêm vitamina D, excelente para essa prevenção.

Feijão faz bem para os rins:O feijão ajuda a manter as funções dos rins ativas e adequadas.


Uma boa saúde a todos e bom final de semana.

Ari

11 outubro 2015

Ex-presidente da Sanefrai é investigado pelo Ministério Público


Ex-presidente da Sanefrai  Ademir Pedro Perin
09/10/2015 - A Rádio Fraiburgo, vem constantemente veiculando matérias de Improbidade administrativa, processos contra políticos, corrupção e outros assuntos que acontecem em Brasília e cidades grandes.   A sua equipe de Jornalismo nos últimos dias tem buscado informações sobre ações Judiciais do Gênero e que estejam em andamento na cidade de Fraiburgo. Dentre os casos, destaca-se uma Ação Civil Pública Proposta pelo Ministério Público de Santa Catarina conforme Autos: 0900037-62.2015.8.24.0024, contra a Empresa Sanetal Engenharia/Consultoria em Saneamento e Meio Ambiente LTDA, Adriano Augusto Ribeiro, Roberto de Carvalho Correa e o ex-presidente da Sanefrai Ademir Pedro Perin, resultou na Aceitação da Denuncia pela Justiça.   O fato que originou a ação foi com relação à Tomada de Preço 0005/2011, onde deveriam ser realizados os seguintes serviços no Bairro São Miguel em Fraiburgo:  1- O Sistema de Implantação SES de Fraiburgo, com área estimada em 171 Hectares, 2-    Sistema de Tratamento de Efluentes, ETE Bairro São Miguel, referente a Primeira Etapa de Implantação do SES de Fraiburgo.    Todo o Processo Licitado deveria ser concluído com os Seguintes serviços Feitos:  Serviços de Levantamentos de Informações para elaboração de Projetos, Desenvolvimento de Pesquisas, elaboração do Projeto Executivo contemplando as Redes Coletoras, Tratamento de Esgoto Sanitário e outras questões relacionadas ao assunto. Além destes, estava orçado os serviços de Memorial descritivo, orçamentos, levantamento Topográficos (medições) e a Obtenção de Licenças junto a Fatma para a execução da Obra, totalizando R$ 201.500,00 (Duzentos e um mil e Quinhentos Reais).   Segundo o que consta no Processo apurado pelo Promotor de Justiça, o valor seria pago a Prestadora de serviço entre os meses de Outubro de 2011 e Fevereiro de 2012 de acordo com as obras que seriam entregues em etapas. A Denúncia Apurada pelo Ministério Público confirmou que seriam seis meses necessários para a Conclusão da Obra, porém ela iniciou em 30/09/2011 e no dia 04/10/2011, 60% do serviço já estava concluído e ainda, no dia 05/10/2011, segundo a Denúncia, o Serviço havia sido concluído, ou seja, uma Obra que Custaria mais de Duzentos Mil Reais e que durariam seis meses para ser feita, foi realizada em Fraiburgo em menos de uma semana de Serviço.  Os Pagamentos que seriam feitos em Etapas, também foi fei to em um único mês, onde após as apurações, o Promotor de Justiça Dr. Felipe Schmidt da Comarca de Fraiburgo, encaminhou a Denuncia a M.M Juíza Cristine Schutz da Silva Mattos, a qual deferiu a Proposição do Ministério Público e aceitou a medida Cautelar, deferindo o pedido formulado a fim de determinar a Indisponibilidade dos Bens pertencentes aos Réus até o Valor de R$201.500,00(Duzentos e um mil e Quinhentos Reais). Em Levantamentos realizados pelo Setor de Jornalismo da Rádio Fraiburgo, foi apurado que um Uma Camionete Toyota Hilux 4x4 em nome do Proprietário da Empresa Contratada está com restrições no Renajud e Dois Veículos GM Vectra em Nome do ex-presidente da Sanefrai Ademir Pedro Perin também está com as restrições de Transferência deferidas pela M.M Juíza Cristine Schultz da Silva Matos. O Repórter da Radio Fraiburgo: Genauro Stefanski procurou as informações junto ao Ministério Público de Fraiburgo para saber o Número de Ações Civis Públicas existentes nos Processos de Investigação e o promotor Dr. Felipe declarou: que ultrapassa 115 investigações em andamento somente as de Interesse Público, assim como em entrevista explicou como chegou ao conhecimento esse caso que envolve o processo acima descrito.  Quanto ao Processo que envolve os serviços realizados e pagos pela Sanefrai no Bairro São Miguel, o Promotor esclarece que cabe recurso a decisão e no caso da não condenação dos Réus, a baixa do gravame dos Veículos  é realizada e o processo arquivado. Já em Caso de Condenação, os veículos que foram colocados pela Justiça como restrição do Renajud, servem como garantia de ressarcimento aos cofres públicos. Reitera-se que o Processo está em fase de Defesa pela parte dos Réus que podem provar a Inocência face as irregularidades apontadas pelo  Ministério Público.  A Equipe de reportagem da radio Fraiburgo entrou em contato com os Réus envolvidos no Processo, onde o Sr. Ademir Pedro Perin, disse que o repórter estaria inventando os fatos e que, portanto não teria nada a Declarar, ainda ameaçando para a matéria não ser levada ao ar. Adriano Augusto Ribeiro, o mesmo disse que vai fazer a defesa da sua empresa e que provará inocência nas acusações, ele ainda pediu que a Imprensa se fizesse presente no dia da apresentação da defesa oral.  Ele ainda citou que ficou chateado pelo nome da empresa Sanetal estar envolvida no processo, já que segundo ele tudo não passa de perseguição politica entre os diretores da Sanefrai.  O Terceiro envolvido e que tem o nome citado no processo, não foi encontrado para comentar o fato, ficando os Microfones da Rádio Fraiburgo a disposição caso queira dar a sua versão. 
Fonte: Genauro Stefanski – Radio Fraiburgo.

03 outubro 2015

40 Anos de Sucesso.

I Don't Want to Talk About It é uma música que foi composta por Danny Whitten em 1971 e lançada através da sua banda Crazy Horse. Regravada por Rod Steward e lançada em 15 de agosto de 1975, fez grande sucesso mundial e até hoje é canção obrigatória nos shows daquele cantor. 

Em 2004 Rod Steward introduziu I Don't Want to Talk About It em seu grandioso e maravilhoso show, cantando na companhia de Amy Belle.

Vejam como ficou este lindo espetáculo que foi realizado em 2015:


Há que se destacar o “entorno” do show, com o envolvimento das pessoas, a grandiosidade do palco, as luzes absolutamente perfeitas e tudo isso dentro de um clima “família”, onde jovens e adultos divertem-se e participam ativamente do momento grandioso que poucos artistas conseguem criar em conjunto com o seu público.

Não é a toa que esta música emociona persistentemente até os dias atuais

Um grande abraço a todos.

Ari